Duplicação de trecho da BR-116 beneficiará 40 mil motoristas em Caxias

rs_114_governo_rs
Ordem de início das obras foi assinada por Sartori na presença do diretor do Dnit (na foto, à esquerda)

O governador José Ivo Sartori autorizou, nesta segunda-feira (12), o início das obras de duplicação no trecho de um quilômetro no perímetro urbano da BR-116, em Caxias do Sul. A obra deve beneficiar os cerca de 40 mil veículos que trafegam pela rodovia diariamente. A ordem de início foi assinada na presença do diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Valter Casimiro Silveira, em reunião-almoço com empreendedores e entidades de classe na sede da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC). Continuar lendo “Duplicação de trecho da BR-116 beneficiará 40 mil motoristas em Caxias”

Anúncios

“É hora da colheita das sementes que plantamos”, afirma Sartori em palestra em Caxias do Sul

gestao_sartori_rs_governo
Sartori comemorou a queda nos índices da Segurança Pública, divulgados também nesta segunda-feira (12)

As transformações sociais e econômicas iniciadas pelo governador José Ivo Sartori em 2015, e o caminho de travessia ainda a ser trilhado foram assuntos abordados na palestra ‘O Rio Grande do Sul Tem um Caminho’, nesta segunda-feira (12), na sede da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul.

“Está na hora de resgatar a autoestima dos gaúchos e das gaúchas. O mundo mudou, e as sementes que plantamos estão dando frutos. É hora da colheita!”, bradou Sartori. Entre os resultados, o governador comemorou a queda nos índices da Segurança Pública divulgados também nesta segunda-feira. Continuar lendo ““É hora da colheita das sementes que plantamos”, afirma Sartori em palestra em Caxias do Sul”

Sartori prestigia posse da primeira presidente do Conselho de Contabilidade do RS

gestao_sartori_rs
O governador Sartori afirmou que a nova presidente vai manter a credibilidade e o bom serviço para a sociedade

Na data em que é lembrado o Dia Internacional da Mulher, a contadora Ana Tércia Lopes Rodrigues tomou posse como a primeira presidente do gênero em 70 anos de história do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul (CRCRS). O governador José Ivo Sartori e a secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, participaram da solenidade, realizada na quinta-feira (8), no Teatro Bourbon Country, em Porto Alegre.

A eleição foi em novembro de 2017. Fazem parte da nova gestão, além da presidente, sete contadores e um técnico em Contabilidade; e, no Conselho Diretor, 12 conselheiros titulares e 30 suplentes. Continuar lendo “Sartori prestigia posse da primeira presidente do Conselho de Contabilidade do RS”

Refaz Cooperativas 2018 concede prazo maior para quitação de débitos de cooperativas gaúchas

receita_estadual_rs
Sartori assinou Decreto que beneficia cooperativas com o prazo de até 10 anos para pagamento das dívidas com a Receita Estadual

O cooperativismo é um dos setores que mais movimenta a economia do Rio Grande do Sul, com um crescimento médio de 15% nos últimos três anos. Para reconhecer a colaboração do segmento no desenvolvimento econômico, o governador José Ivo Sartori assinou, nesta sexta-feira (2), Decreto que beneficia empreendedores com o prazo de até 10 anos para pagamento das dívidas com a Receita Estadual. O esforço é para regularizar cerca de R$ 150 milhões em dívidas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e recuperar mais impostos. Continuar lendo “Refaz Cooperativas 2018 concede prazo maior para quitação de débitos de cooperativas gaúchas”

França formaliza R$ 200 milhões ao BRDE para projetos ambientais

assinatura_governo_rs
Acordo assinado por Sartori reforça dever governamental de garantir o desenvolvimento sustentável

Para combater os efeitos das mudanças climáticas no meio ambiente, um novo acordo financeiro foi formalizado, nesta quinta-feira (1º), entre o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD, na sigla em francês), no Palácio Piratini. Serão 50 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões) para fomentar negócios verdes e incentivar o desenvolvimento econômico sustentável. Continuar lendo “França formaliza R$ 200 milhões ao BRDE para projetos ambientais”

Construção de presídio federal fortalece enfrentamento ao crime no RS

md_20180119151748ksv_86082
Sartori e ministro Torquato Jardim formalizam doação de áreas para construção do presídio federal – Foto: Karine Viana/Palácio Piratini

Charqueadas, na região Centro-Sul do Rio Grande do Sul, receberá o primeiro presídio federal de segurança máxima dos cinco anunciados pelo governo brasileiro. A doação de duas áreas do município para a instalação da unidade foi formalizada, nesta sexta-feira (19), pelo governador José Ivo Sartori e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, no Palácio Piratini. As obras devem iniciar em fevereiro e a previsão de conclusão é para dezembro deste ano.

A nova unidade está estimada em R$ 42 milhões e terá capacidade para 218 presos de maior potencial ofensivo, com emprego de 250 agentes federais e a contratação de 70 servidores. As áreas repassadas à União somam 252 mil metros quadrados, o equivalente a 25 hectares, avaliadas em mais de R$ 500 mil.<!–more>

“A construção do presídio federal aponta um caminho de ganho para todo o Brasil, mas em particular ao Rio Grande do Sul. E de nossa parte, estamos adiantados. Somos o primeiro estado brasileiro em condições de dar início ao processo de construção”, afirmou o governador. “Digo e repito: em segurança, não há milagre. Há trabalho. Seguiremos trabalhando sem alarde e com seriedade. Temos caminho e esperança para construir um futuro melhor para gaúchas e gaúchos”, completou.


Sartori: “Somos o 1º estado em condições de iniciar o processo de construção”. Karine Viana/Palácio Piratini

O secretário da Segurança, Cezar Schirmer, comemorou o ato como relevante para o enfrentamento do crime e violência. “Estamos atendendo a um pedido do governador Sartori para diminuir a criminalidade no RS. Se não fosse a presteza do ministro e sua equipe, não teríamos alcançado o êxito que foi a Operação Pulso Firme (que transferiu presos de grande periculosidade para presídios federais) e agora recebemos o presídio”, agradeceu.

O ministro Torquato Jardim disse que esse é “um passo de muita certeza a caminho da esperança”. Para Jardim, nos dias atuais, depois da economia, a segurança pública é o tema que mais desafia e preocupa a sociedade brasileira.

“Em muitos estados foi mais fácil encontrar prefeitos dispostos do que governadores. Sartori foi o primeiro que, de fato, se colocou à disposição”, afirmou. “[Após o anúncio de novos presídios federais] uma campanha insidiosa e desinformada indispôs a população de muitas cidades, mas a verdade é que uma prisão federal não contribui para o aumento da insegurança. Nenhum presídio aumenta a criminalidade, e, de lá, ninguém foge ou escapa”, explicou o ministro.


Ministro elogiou disposição do Estado para receber unidade prisional federal. Karine Viana/Palácio Piratini

O prefeito Simon Heberle de Souza lembrou da relevância do município pela presença de penitenciárias que beneficiam o combate ao crime em nível estadual. “Charqueadas está se colocando à disposição do Estado, não só para receber esse presídio, mas para resolver também os problemas de segurança. Entendemos que essa é uma dificuldade de todo o RS, por isso, peço aos prefeitos que também se coloquem à disposição para resolver os problemas da sociedade. Estamos sempre de peito aberto, sem medo de fazer qualquer tipo de enfrentamento”, disse.

Esforço estadual

A instalação da unidade é fruto de esforço do governo do Estado que, desde o início de 2017, buscou em viagens ao Planalto trazer um dos cinco presídios anunciados pelo governo federal. A penitenciária de segurança máxima em solo gaúcho foi anunciada pelo presidente da República Michel Temer em janeiro do ano passado, durante visita ao estado para renovar a frota de veículos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Em março do mesmo mesmo ano, o governador Sartori comunicou que a construção ocorreria em Charqueadas. Desde então, técnicos do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) avaliaram os terrenos próximos à Penitenciária Modulada do município, às margens da ERS-401. A previsão é de que mais quatro penitenciárias sejam anunciadas pelo governo federal no conjunto de ações do Plano Nacional de Segurança Pública para desafogar o sistema prisional brasileiro.


Para Cezar Schirmer, medida é essencial para enfrentamento do crime e violência. Karine Viana/Palácio Piratini

Alta periculosidade

A construção do presídio está orçada, conforme o governo federal, em R$ 42 milhões. O total da área onde será construído é de 12 mil metros quadrados (25 hectares). O local terá 218 vagas para presos de alta periculosidade e deve empregar 250 agentes federais de execução penal. Além disso, está prevista a contratação de 70 servidores para áreas como alimentação e lavanderia. No local, serão recebidos presos de facções criminosas de todo o país.

Terrenos

Foram doados duas áreas do município de Charqueadas para a União, ambos estão localizados na Estrada Nelson Grings, s/n, próximo à Penitenciária Modulada da cidade. Uma área é de 132.075,35 metros quadrados, avaliada em R$ 262.786,09, e a outra possui 120 mil metros quadrados, o que corresponde a R$ 242.313,72. O prazo para o início da construção é de até dois anos a partir da entrega dos imóveis.

Acompanharam o ato diretor-geral do Depen, Carlos Alencastro; diretor de Políticas Penais do Depen, Joel Amaral; coordenador de Engenharia e Arquitetura do Depen, Luiz Mota; autoridades municipais e estaduais.

Texto: Letícia Bonato
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

Mais de cem servidores das entidades em processo de extinção aderiram ao Programa de Desligamento Voluntário

O prazo para adesão ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV), benefício proposto pelo governo do Estado após negociação coletiva para desligamento de trabalhadores de fundações em extinção, terminou nesta sexta-feira (12). Ao todo, 110 servidores estão incluídos no programa – aberto desde o dia 4 de janeiro – e serão beneficiados. Os desligamentos acontecerão, conforme gestão de cada entidade, até o dia 17 de abril.

Foram registradas 39 adesões pela Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec), 26 pela Fundação Zoobotânica, 25 pela Fundação Piratini, 11 pela Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH), cinco pela Fundação de Economia e Estatística (FEE) e mais quatro pela Metroplan. Mais 21 servidores, já demitidos e considerados não estáveis, requereram o pagamento do benefício.

As negociações coletivas entre entidades e sindicatos para o desligamento dos empregados sem estabilidade começaram no início de 2017 e tiveram a última audiência de medição em novembro do mesmo ano. Além das verbas rescisórias previstas regularmente pela legislação trabalhista, os empregados desligados que requererem e aqueles que aderirem ao PDV receberão uma indenização correspondente a um salário a cada quatro anos de serviços prestados. Continuar lendo “Mais de cem servidores das entidades em processo de extinção aderiram ao Programa de Desligamento Voluntário”

Sartori relata seus 41 anos de vida política e a gestão do Estado

Governador José Ivo Sartori no programa Governo e Comunidade – Foto: Dani Barcellos/Palácio Piratini

A primeira edição de 2018 do programa Governo e Comunidade teve como destaque a trajetória de José Ivo Sartori, desde seus primeiros passos na vida política, em Caxias do Sul, até os últimos três anos de gestão como governador do Rio Grande do Sul. “Aprendi, no meu tempo de estudo, que a única coisa que é permanente no mundo é a mudança. Então, a gente, com a idade que tiver, tem que estar sempre mudando. Sempre gostei de conviver, participar e me envolver, mas tudo isso sem alarde, sem demagogia e com simplicidade”, revelou. O programa é produzido pela Rádio Piratini e transmitido, neste sábado (6), por emissoras de rádio do interior do estado. Continuar lendo “Sartori relata seus 41 anos de vida política e a gestão do Estado”

Secretários fazem balanço da gestão em 2017 no programa Governo em Rede

md_201801031536255k1a2497
Conforme secretários, Estado já começou a colher frutos deste novo momento de otimismo – Foto: Alex Rocha

As resoluções do governo do Estado durante 2017 foram tema, nesta quarta-feira (3), da primeira edição deste ano do programa Governo em Rede, da Rádio Web Piratini. Os secretários da Casa Civil, Fábio Branco, e de Planejamento, Governança e Gestão, Carlos Búrigo, avaliaram o ano que passou. “O Estado já começou a colher, no mês passado, frutos deste novo momento de otimismo, como o saldo positivo da criação de mais de 8 mil vagas de empregos. Não temos dúvidas de que teremos um 2018 bem melhor que os anos anteriores”, afirmou Fábio Branco. Continuar lendo “Secretários fazem balanço da gestão em 2017 no programa Governo em Rede”